Política

Caiado reage a crítica de Mabel sobre quarentena em Goiás

Governador comentou nota divulgada pelo presidente da Federação de Indústrias de Goiás, que comparava quarentena a desastre do césio-137

governado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), rebateu as críticas feitas pelo presidente da Federação de Indústrias de Goiás (Fieg) e ex-deputado federal, Sandro Mabel, durante a inauguração de uma delegacia em Anápolis (GO), na manhã deste sábado (08/02/2020). Mabel comparou a quarentena dos brasileiros repatriados da região de Wuhan, que sofre um surto de coronavírus, ao acidente radioativo com o césio-137, ocorrido em 1987, em Goiânia.

Segundo o presidente da Fieg, Goiás pode ser prejudicado com a discriminação, o que, segundo ele, poderia impactar no turismo e negócios. “É um desastre para o estado. Podemos sofrer segregação do que é produzido em Goiás, afetando a exportação de industrializados e carne, por exemplo”, diz nota encaminhara pela federação.

Pelo Twitter, Caiado classificou a nota da Fieg como “monstruosa”. “Chocou nosso estado de Goiás a posição desse mercenário, canalha, desumano”.O posicionamento de Mabel sobre a situação dos brasileiros repatriados foi reprovada por Caiado. “Sandro Mael é um cidadão que confunde ser humano com cifrão. É um homem que só pensa em dinheiro”, criticou o governador.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close