BrasilNotícias

Novo vídeo mostra suspeitos invadindo quadra onde três adolescentes foram baleados em Fortaleza

Nas imagens, também é possível ver que o vigilante do espaço percebe a entrada dos criminosos e se levanta em seguida Momento em que autores dos disparos entram na escola, no Bairro José Walter
Um novo vídeo de câmeras de segurança da quadra de uma escola particular onde duas pessoas atiraram contra adolescentes que participavam de uma partida de futebol, no Bairro José Walter, em Fortaleza, mostra os suspeitos entrando no local armados e de capacete. O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (15), por volta das 19h30. Um suspeito foi identificado, mas ninguém foi preso.
Três adolescentes foram baleados na ação e socorridos com vida. A partida de futebol acontecia no Centro Educacional Doris Johnson e era promovida por um projeto social desenvolvido e mantido pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus. Dentre os feridos, dois são alunos matriculados na instituição e a outra vítima é uma jovem que assistia ao jogo.
Nas novas imagens divulgadas, também é possível ver que o vigilante do espaço percebe a entrada dos criminosos, mas não esboça reação, já que a dupla invade a quadra mostrando a arma.
Dupla invade escola e deixa três alunos feridos em Fortaleza
Um dos baleados, um adolescente de 17 anos, seria o alvo dos disparos, de acordo com o delegado do 8º Distrito Policial, Breno Fontenele. Um dos suspeitos foi identificado, e também seria um adolescente, conforme o delegado.
“Foi confirmado que um dos adolescentes baleados, de 17 anos, seria o alvo da ação criminosa. Após ele entrar no colégio, diferença de três minutos, os indivíduos invadiram a escola, concentram tiros neles e, infelizmente, vêm a alvejar mais outras duas pessoas. Mas, graças a Deus, nenhum corre risco de morte. Inclusive dois já receberam alta médica”, reforça o delegado.
A polícia acredita que o crime tenha relação com brigas entre facções rivais, já que o suposto alvo e o suspeito identificado residem em bairros diferentes comandados por facções inimigas.
Uma pessoa chegou a ser conduzida para a delegacia para prestar esclarecimentos, mas não foi reconhecida pelas vítimas, sendo liberada em seguida.
‘Filme de terror’
A mãe de um dos feridos chegou a ouvir os tiros disparados na quadra. “Foi um pesadelo, um filme de terror que eu não desejo a ninguém. Porque eu já temia que isso acontecesse, mas jamais imaginei que meu filho seria uma vítima. Não tem envolvimento com nada, vem de casa para a escola, da escola para a igreja”, disse a mulher, que não quis ser identificada.
O tio da vítima, que também não quis ter a identidade revelada, viu uma motocicleta passando na rua em alta velocidade após a ação criminosa.
“Logo depois passou uma moto aqui em frente, muito rápida, com uma pessoa em alta velocidade, como se tivesse se evadindo”, comentou.
A polícia confirma que os suspeitos fugiram em uma motocicleta.
Câmeras mostram a ação
As imagens registradas por câmeras de segurança do colégio mostram a correria e o tumulto no local. O grupo que assistia à partida corre quando o primeiro tiro é disparado. Em seguida, os dois suspeitos aparecem correndo pela quadra, ambos de capacete, atirando na direção de um jovem. A vítima tenta correr, mas é perseguida pelos criminosos.
As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Distrital Gonzaga Mota do José Walter, o Gonzaguinha José Walter. Em seguida, duas ambulâncias do Samu fizeram a transferência dos estudantes para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital.
Show More

Artigos Relacionados