Política

PT exclui DEM, PSDB e extrema-direita de aliança eleitoral

Partidos não podem ter “práticas de hostilidade ao PT e aos presidentes Lula e Dilma"

O PT decidiu vetar a composição com partidos que apoiem o governo do presidente Jair Bolsonaro, para a disputa das eleições municipais deste ano. Entre eles: DEM, PSDB.

“O partido buscará constituir a Frente Democrática Popular, com forte participação dos partidos de esquerda, movimentos sociais e populares, setores progressistas, as Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, para construir a força social e popular necessária para impedir os retrocessos e derrotar as políticas do governo Bolsonaro”, diz trecho o documento assinado pela presidente nacional do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PR).

O PT definiu como centro estratégico eleitoral “a construção de alianças com PCdoB, PSOL, PDT, PSB, Rede, PCO e UP.”

Alianças com outros partidos podem ser feitas, onde o PT tenha candidatos a prefeito, desde que autorizadas pelo Diretório Estadual, mas não podem incluir os partidos ultraneoliberais e os de extrema-direita. Além disso, candidatos que venham a ter apoio do PT devem ter “compromisso expresso com a oposição a Bolsonaro e suas políticas” e não podem ter “práticas de hostilidade ao PT e aos presidentes Lula e Dilma”

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close